Amar, olhar, reconectar

Atualização #1 – Tabela TIPI

Por que oficializar o meu negócio?

fernwe(h)eimweh

fernwe(h)eimweh

Uma história de uma vida em construção – Filipenses 1:20-26.

Deixo essas palavras de Paulo para ilustrar o que resolvi, depois de pensar e meditar muito na Palavra, gravar no meu corpo.

Quero deixar aqui uma máxima muito usada, mas com a devida alteração que se aplica a mim: Meu corpo, mas não minhas regras. Há anos venho pensando nisso, pra expressar tudo o que aconteceu e que acontece na minha vida cotidiana, com muita interferência de Deus nela, e essas duas palavras opostas no alemão foram perfeitas. E ilustram muito bem o sentimento de Paulo, e meu, nesse texto em Filipenses.

Por que não são suas regras no seu corpo? Porque ele é templo do Espírito, e nós devemos cuidar dele, para que seja agradável a Deus, e usá-lo para a glória Dele. Por isso não o amostro muito 😌.
Por que demorou a mostrar e até mesmo a tatuar? Porque não quero que isso se torne uma desculpa para eu fazer o que quiser, nem ser uma justificativa pra alguém fazer algo impensado. Ano passado, depois de algumas notícias em abril e agora em Outubro, muitas coisas mudaram. E vão continuar a mudar. Algumas pessoas já sabiam, além da tattoo não estar em um lugar visível pra todo mundo, e estou mostrando ela hoje porque, bem, por causa das peças do studio ela pode começar a aparecer mais. Estou preparando corações, porque esse é só um pedaço dela.

Doeu? Não! 🤣

São quase 365 dias dela, e ela não se tornou um ídolo, o que é mais importante. Deus continua sendo tudo pra mim. Não é pecado até que isso se torne o principal objetivo da sua vida: idolatrar palavras, figuras e imagens no lugar aonde deveria estar Um em Três.

Comente este post!