Amar, olhar, reconectar

Atualização #1 – Tabela TIPI

Por que oficializar o meu negócio?

A vida é um empreendimento

A vida é um empreendimento

Antes de entrar em assuntos bem específicos, gostaria de deixar alguns conceitos contigo. Para alguns ele é extremamente óbvio e não precisaria nem estar escrito. Para outros vai ser uma nova forma de pensar, e pode ser uma mudança radical em como vai se ver a partir de hoje. Quero que você veja a sua vida, você, como um empreendimento de inúmeros projetos a serem finalizados.

O que é um projeto? É um esforço temporário para a criação de um serviço ou produto (decorei essa frase de tanto que li o material da especialização). Ou seja, um projeto tem início, meio e fim, não dura para sempre. E se estiver demorando muito, provavelmente tem algo errado minando todos os seus recursos. E esses recursos são os recursos além de financeiros: são os recursos mental e emocional

Você é uma grande empresa com ambições, sonhos, querendo um futuro. Existe algo que está fazendo por muito tempo e que não terminou ainda? Ou que não gerou nenhum resultado? Está na hora de parar e planejar de novo, e muitas vezes mudar essa perspectiva e explorar outras alternativas.

Pode parecer fácil, mas não é, até porque falar e escrever é fácil. Nos negócios, nada é fácil, e não se encontra na esquina. Muitas vezes demoram horas até que uma solução venha, se você não sonhar com ela (muitas pessoas encontram soluções criativas através dos sonhos).

Quero que você, nesse instante, se possível, que dê uma olhada em como está a sua vida de forma geral. E em como estão todos os projetos, sejam eles grandes ou pequenos, e como eles estão caminhando (se está só no rascunho – escopo -, se já tem uma estrutura planejada – EAP -, se o cronograma já está caminhando, e até mesmo se está encerrando diversos passos dele e caminhando para o final). Faça uma pequena lista separando o que deu certo, do que não deu, e verifique se algum deles precisa ser modificado ou simplesmente cancelado por enquanto. Pode ser o modo de trabalho, a abordagem, ou se ele não se encaixa na sua vida de maneira nenhuma, ou não agora. Vai dar um trabalho fazer isso, eu sei, mas é muito importante que tenha uma perspectiva daquilo que quer. Não vou te prometer que todos os seus projetos darão certo também. Lembre-se que estamos falando da vida e que, por ser um grande empreendimento, carrega muitas surpresas. Estamos vivendo uma, inclusive.

Tudo o que estou escrevendo aqui, e que ou resumir logo abaixo, serve para te ajudar a ter um norte. Muitas coisas aconteceram nesses últimos dois anos, e por mais que tenha impactado muito a vida de muitas pessoas, não podemos usar de muleta e desculpa para não seguir em frente e colocar os nossos projetos pessoais em prática de alguma forma, mesmo que de forma muito lenta. É muito certo que nos sentimos desmotivados no meio de tantas coisas novas, de tantas demissões, mortes, doentes… Sem saber pra onde o mundo está indo agora (como se antes a gente soubesse, não é? Talvez era mais previsível e dava um conforto maior?)

Encare a sua vida como uma empresa. Uma empresa até mesmo familiar, com o principal integrante sendo você, e todas as pessoas que são importantes pra você. Não os encare como funcionários, mas como as engrenagens de um futuro que quer construir, e com você sendo uma delas.

E o mais importante de tudo isso: as pessoas, como parte deste grande circuito, são parte da sua vida também, e precisam ser tratadas como tal. Já vi muitos funcionários reclamarem de seus superiores, mas quero te dizer que aqui, nesse contexto, não existe um superior. Pode-se dizer sim que alguns possuem mais instrução que outros, mas todos fazem parte de um mesmo circuito. Quero ver uma engrenagem dessa sair, por menor que seja e com uma força motriz tão grande lá na base, e você dar conta do trabalho dela sozinho, sendo que a sua função é em outro lugar mais distante. 

Então:

  • Tome a sua vida como um grande empreendimento e não um grande projeto;
  • O projeto tem início, meio e fim. A vida, enquanto ela está aqui, não é um projeto, porque não vemos o fim dela ainda;
  • Sonhe, organize os seus projetos para a sua vida;
  • Se há algum projeto que dura muito tempo e não está finalizado ainda, vale à pena repensar, cancelar ou modificar totalmente o seu planejamento;
  • As pessoas são extremamente importantes aqui, principalmente aquelas que se importam contigo, independente do grau de instrução delas;
  • Não seja aquele que descarta as pessoas por não serem como você, o que precisa ter são filtros e até mesmo se afastar daquelas que te fazem algum mal;
  • A menor engrenagem na sua vida pode ser aquela que sustenta um circuito muito importante em todos os seus projetos.

Para tudo o que é importante, nós encontramos tempo! E esse será, de antemão, o próximo assunto.

Se você tiver alguma sugestão de conteúdo, deixe nos comentários! Até mesmo alguma opinião sobre o assunto, vai ser muito bom para todos crescerem juntos!

Abraços e até a próxima.

Esse post faz parte de uma série de artigos publicados por mim na newsletter fixent, no LinkedIn. Essa newsletter é da minha propriedade, da mesma forma que todo o conteúdo publicado, exceto quando identificado. Para publicação em outros materiais, favor entrar em contato.

Comente este post!