Amar, olhar, reconectar

Atualização #1 – Tabela TIPI

Por que oficializar o meu negócio?

Existe tempo para tudo o que é importante

Existe tempo para tudo o que é importante

Já fui a pessoa a dizer que não tinha tempo pra fazer nada, além do que já era da minha rotina. Isso começou a mudar a partir do momento que percebi que, sem querer ou mesmo querendo, fiquei estagnada e nada mudava. Era tudo igual. E pensei mesmo o que estava fazendo com a minha vida. Pois é, e é recente isso! O que foi que escrevi no artigo anterior mesmo? A vida é um empreendimento, e eu deixei a minha ficar no 0 a 0 por uns meses.

E então, depois que percebi esse empate, assumi muitas responsabilidades e no fim achei que não daria conta (nesse momento aqui, estou feliz por ter terminado ontem minha especialização em Gestão de Projetos e aflita porque estou com mais uma em andamento e preciso entregar algumas coisas). E então a ficha caiu, mesmo. Que ir atrás dos meus projetos pessoais me fariam ou perder a cabeça (se eu não me organizar), ou desistir em algum ponto (o que eu não gosto de maneira nenhuma). Então resolvi me organizar. E está dando certo.

Você pode até me dizer que é porque eu não tenho muitas outras responsabilidades ainda. Sim, é verdade. Sou solteira, moro sozinha, e basicamente cuido das minhas coisas e um pouco do que meus pais precisam em outra cidade. Basicamente, tudo o que eu preciso nesse momento. Não tenho pessoas dependendo exclusivamente de mim agora. Mas, quando isso acontecer, eu vou encontrar tempo porque vai ser importante pra mim.

Esse é o ponto: tudo aquilo que é importante precisa de tempo para ser cultivado, crescer e se multiplicar. E teoricamente tudo o que é importante é prioridade. E a prioridade é com o que precisamos nos preocupar hoje, e todos os dias, então vamos ter que arrumar tempo pra elas.

Quero que pare e pense um instante: o que você faz é importante para você? O que você quer construir é importante para você? As pessoas que estão contigo, que te levantam, ajudam, investem em você, são importantes? Se sim, tudo isso é prioridade e o tempo que você precisa para estar e construir, fazer o que você quer fazer com o seu negócio precisam de tempo. E você vai conseguir esse tempo. E não é da noite para o dia não.

O resumo até aqui é: se é importante é prioridade, se é prioridade o tempo que você precisa arrumar pra fazer isso é extremamente essencial.

E como, Divana, eu consigo verificar esse tempo?

Existem algumas maneiras, e com certeza você já leu sobre elas em algum lugar, mas eu não vou ser tão repetitiva aqui não. Vou te dizer o que funciona pra mim, ou como começou a funcionar, e você consegue tirar disso o que for importante pra você.

  1. Eu coloquei um tempo para começar e um tempo para terminar o meu dia: sim, tenho a hora que levanto (normalmente às 05:30 da manhã) e a hora que quero estar pronta pra fazer nada, a não ser algum hobby e dormir (normalmente começa às 21:30 da noite). Se eu consigo fazer tudo o que quero nesse período? Não, mas eu roubo uns minutinhos se precisar pra finalizar, e vou dormir. Não funciona 100% aos fins de semana, mas como não há um trabalho propriamente dito, tenho mais flexibilidade.
  2. Eu coloquei muitas atividades além da conta no meu dia: o tal do excesso pra quem não tem nenhuma experiência com a organização do tempo. Eu achei que conseguiria fazer tudo num espaço de tempo bem curto, e caí pra trás. Não foi bem assim, e precisei reorganizar de forma natural as minhas atividades ao longo da semana, de forma que não me prejudique nem me deixe louca (exceto quando acumula e eu tenho que me virar).
  3. Passei a colocar as coisas como prioridade no meu dia: sabe aquela atividade que é essencial pro seu dia terminar? A minha é assistir a um episódio de alguma série de comédia, e então o meu dia acaba, ou às vezes colocar com isso um chá bem bom. Aí sim, tudo termina.
  4. Constância: foi e é bem importante. E quando algo não é feito (e não depende de mim e sobra umas horinhas a mais), vou relaxar ou adiantar alguma coisa pra eu ficar mais tranquila depois.
  5. Rotina: o mais importante pra mim. As primeiras 10 horas do dia são pra minha rotina. As outras horas, eu organizo o que é importante, arrumo um tempinho, e vou feliz (mas às vezes estressada, outras com preguiça, outras procrastinando) fazer o que preciso fazer.

Mas você resumiu aqui a sua rotina! Sim, não é uma lista do que fazer para arrumar tempo pra fazer as coisas. A minha rotina é diferente da sua, e sempre vai ser assim. Você precisa estudar o que faz, o que quer melhorar, e colocar em ação, mesmo que demore uma semana, ou duas, pra terminar. 

A minha dica final é: observe o seu dia a dia e, a partir dele, busque otimizar o que você faz. Mesmo com muitas coisas pra fazer, vai encontrar tempo e disposição. E o que mais conta no final, com toda certeza, é o resultado positivo. Esse resultado faz a gente querer continuar e melhorar mais e mais o nosso tempo para o que é importante. 

Se você tiver alguma sugestão de conteúdo, deixe nos comentários! Até mesmo alguma opinião sobre o assunto, vai ser muito bom para todos crescerem juntos!

Abraços e até a próxima.

Minhas redes sociais:@divanabarbosa

Esse post faz parte de uma série de artigos publicados por mim na newsletter fixent, no LinkedIn. Essa newsletter é da minha propriedade, da mesma forma que todo o conteúdo publicado, exceto quando identificado. Para publicação em outros materiais, favor entrar em contato.

Comente este post!